Visitas

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Arno Müller: Exemplo de Empreendedorismo


 Arno Müller: 86 anos de história

Arno Müller, filho mais velho de nove irmãos, nasceu em 20 de julho de 1926, na localidade de Beija Flor em Estrela e tornou-se um dos mais importantes empreendedores da região. Filho de agricultores, começou a trabalhar ainda jovem na lavoura. Casado há 57 anos com Norma Müller, tiveram os filhos: Egídio (in memorian), Rejane e Nestor. Sem dúvida, um grande exemplo de perseverança e sucesso no Vale do Taquari. 

Seu primeiro emprego foi como marceneiro na Fábrica de Móveis Reeps de Arroio do Meio, logo adiante, com sua veia empreendedora, em 1954, tornou-se sócio-fundador das Balas Wallerius. Em 1956 fundou junto com o cunhado Alfredo a Marcenaria e Fábrica de Móveis Müller & Ehrenbrink Ltda. Em 1976 veio a Arno Müller Distribuidora de Bebidas, uma revenda Polar e Antárctica, que atendia apenas a cidade de Estrela. Em 2001, esta empresa daria espaço para a fusão com a Bebidas Três Unidas de Teutônia, gerando a atual Univale, que gera 150 empregos diretos e atende 52 municípios do Rio Grande do Sul com o grande mix de produtos Ambev. 

Como tudo começou? 
Arno Müller: “O início foi muito difícil, exerci várias atividades profissionais, mas considero meu primeiro emprego o de marceneiro. Aliás, até hoje existem casas em Estrela com as aberturas da Marcenaria e Fábrica de Móveis Müller & Ehrenbrink. Na distribuição de bebidas o começo também foi complicado, tinha muita concorrência na época, especialmente da marca Brahma, mas superamos as dificuldades com muito trabalho e dedicação”. 

Quais foram as maiores dificuldades? 
Arno Müller: Além da forte concorrência, tínhamos que lutar dia-a-dia para ocupar nosso espaço, pois os clientes não aceitavam de imediato nossas marcas, era um trabalho de conquista. A marca Polar se solidificava no mercado, mas outras grandes ainda dominavam. A proximidade com a fábrica, que na época era em Estrela, ajudava muito. Lembro que, em um dia inteiro de trabalho, vendemos apenas uma caixa de cerveja: foi desanimador, mas nunca pensei em desistir, aliás, naquele tempo as caixas eram de madeira e todo o trabalho era braçal. 

Como surgiu a ideia que colocar uma distribuidora de bebidas? 
Arno Müller: Na época, em 1976, a Polar abriu concorrência para escolher um novo revendedor de bebidas para Estrela. Foram muitos os interessados, mas o que foi decisivo, para que a cervejaria optasse pelo meu nome, é que não tinha nenhum débito em cartório ou título protestado. Trabalhei 17 anos com marcenaria e nunca atrasamos uma conta e isso ajudou muito na escolha da empresa. Outro fator era a exigência de instalar uma câmera fria para o Chopp Polar e nós tínhamos o projeto pronto para a instalação. 

A Distribuidora de Bebidas da época vendia apenas cerveja e refrigerante? 
Arno Müller: Não. Vendíamos Chopp Polar e outras bebidas como: conhaque, cachaça e vinho. Aliás, a chegada do Chopp deu uma grande impulsionada nas vendas. 

Qual o segredo do sucesso? 
Arno Müller: Bom atendimento e muito trabalho. Toda a família trabalhava junto, meus filhos: Egídio (in memorian), Rejane e Nestor. Minha esposa Norma foi decisiva para que construíssemos tudo que temos hoje, pois ela participava ativamente do trabalho na empresa. Como trabalhávamos com bebidas, não tira hora para atender os clientes, a empresa funcionava 24 horas, não foram poucas as noites que às vezes nem dormíamos. Hoje vemos que tudo valeu a pena e confirma-se o ditado de quem trabalha sério e acredita no que faz sempre alcança o sucesso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário